FANDOM


DSC00168

Suzy Hekamiah

Suzy M. Hekamiah é escritora, roteirista e artista digital, na indústria de entretenimento,  nascida em Caxias do Sul -RS

BiografiaEditar

Suzy M. Hekamiah tem como sua maior satisfação a criação de personagens. Aos cinco anos se apaixonou pela criação de histórias e a arte de mexer com o imaginário das pessoas e de si mesma. Filmes e desenhos animados eram suas principais companhias, principalmentes produções baseadas nas obras do mestre Stephen King e os clássicos da Disney. Desde jovem descobriu o poder da Arte de causa emoções fortes às pessoas e se apaixonou por isso. E como toda criança, tinha seus amigos imaginários na qual os mantêm até hoje, sem ter vergonha de admitir. Suzy é alguém que possui um eterno espírito escapista e busca levar novas energias e perspectivas às pessoas através da Arte. Com o passar do tempo, o gosto por ações artísticas acabou se associando com a escrita por causa da escola, em virtude da boa educação de Língua Portuguesa e Literatura. No ensino fundamental, seus recreios quase sempre foram na biblioteca e a facilidade com as letras começava a ser explorada por causa disso. Com 10 anos, escreveu seus primeiros roteiros para peças e poemas em determinados trabalhos escolares. Em casa, como muitas meninas, possuía um diário, onde procurava distrair seu cotidiano criando personagens e escrevendo mensagens; Algumas vezes eram frases, poemas ou pequenos textos perdidos na "Terra do Nunca". Com 13 anos, a profissão "escritor" ganhou uma maior notoriedade quando sua professora de Língua Portuguesa, na época, disse que ela se tornaria uma escritora, após ler uma de suas redações onde a  personagem em 1ª pessoa criada por Suzy, era uma soldado refugiada após uma guerra no Oriente Médio.  A partir daquele dia, a jovem autora percebeu que criar personagens e colocar suas emoções na Arte, não seria apenas um hobby, mas adotaria como profissão. As palmas e empolgação de seus colegas, naquele episódio, alimentaram a sua vontade de levar Literatura às pessoas. Ainda por causa de suas outras paixões, como:  Cinema (tanto de animação, quanto no geral) e Games, confirmou a  si mesma, que não importaria a área e ainda por ser bem visual e observadora, investiria seus estudos para poder criar personagens em outros campos artísticos. A autora ainda trabalhou em outras empresas antes de dedicar-se integralmente às Artes. Seu primeiro emprego foi como repórter no Jornal O Tempo Todo em 2009, depois trabalhou na Prefeitura de Caxias do Sul durante um ano como Técnica em Informática e logo após seguiu para outras empresas de TI, onde ficou pouco tempo como aprendiz de programação web. Por fim, trabalhou no setor audiovisual de uma IES e como roteirista da Fast Vídeo Produtora em Caxias do Sul.

Literatura Editar

Poemas foram suas primeiras válvulas de escape e hoje possui um acervo de mais de 2000 poesias, a quantidade significa apenas uma explosão de emoções. Contudo, Suzy não escreve apenas um tipo de texto; contos, romances, roteiros e prosas, também estão em seu currículo. Em 2005, a jovem autora começou a ter ideias mais consistentes para os seus primeiros romances e ir atrás de editoras buscando informações de como poderia publicar seus escritos. Enquanto preparava seus projetos para apresentação, algumas de suas primeiras ideias foram arquivadas e remodeladas. Em 2007, com apenas 16 anos, começou a frequentar a Academia Caxiense de Letras para aprender mais sobre o mercado literário e conhecer outros autores. Na mesma época, criou sua página pessoal na internet onde passou a publicar alguns textos e poesias, divulgando-os em fóruns literários. E foi em um desses fóruns, em 2009, que ficou sabendo de concursos de contos para antologias. A primeira seleção que participou foi para a antologia O Grimoire dos Vampiros da Ed. Literata de Praia Grande-SP, na qual os dois contos que enviou para análise foram publicados. São eles: O Pianista e Vinhos de Outono. O lançamento da estreia de Suzy como profissional na Literatura ocorreu no dia 27 de fevereiro em 2010, na Biblioteca Viriato Correa de Literatura Fantástica em São Paulo - SP. O dia de estreia de Suzy M. Hekamiah,  com O Grimoire dos Vampiros, no mercado editorial também foi a estreia do primeiro lançamento da Editora Literata e um ano depois foi uma das autoras convidadas para integrar o time do livro "Insanas...Elas Matam", na qual foi a inauguração de outra editora no mercado literário, a editora Estronho. Desde então, publica contos de literatura fantástica e poemas em várias antologias, atualmente são mais de duas dezenas de partições literárias. Além de frequentar diversos eventos, palestras e lançamentos literários. Os volumes com participações são:

  • Bandeira Negra; Ed. Multifoco, 2011, contos: A Fúria de Hália  A Lenda de Otto Wald;
  • Lendas Urbanas; Ed. Llyr, conto: O Diário da IlhaPublicação a ser definida
  • Lar (poema); Publicação a ser definida
  • Mundos; Ed. Buriti, 2014, conto: A Obra é do TempoPublicação em 2014
  • Ginoides Ed.Literata Publicação em 2014
  • Uma Noite Alucinanente Ed.Argonautas, Publicação em 2015
  • King Edgar Palace, Editora Andross, Publicação em 2017
  • Contos e Lendas Brasileiras, Ed, Mágico de Oz. Publicação em 2020 (Portugal)
  • Antologia Luis Vaz de Camões, Ed. Mágico de Oz. Publicação em 2018 (Portugal)
  • Antologia Escritores de Língua Portuguesa VI, Ed, ZL Books. Publicação em 2020 ( New York)

Publicação do primeiro livro soloEditar

Em 2012, Suzy recebeu o convite para publicar sua primeira obra pela Editora Literata. Depois de apresentar seu projeto à editora, ouviu do editor que sempre foi um sonho publicar um livro solo dela, em virtude de não apenas conhecer sua escrita e dedicação com a Literatura, mas pela participação em diversos eventos pelo Brasil. O livro infanto-juvenil "Código dos Mares - Os Contos do Tempo" teve lançamento na Jornada Literária de Passo Fundo - RS no dia 31 de agosto de 2013 e seguiu em turnê na Bienal do Rio de Janeiro de 2 a 5 de setembro. No mesmo ano a autora participou das feiras do livro de Caxias do Sul, Gramado, Pelotas, Nova Roma do Sul  - RS e outros eventos como palestras em escolas e livrarias de Fortaleza - CE, na Jedicon em São Paulo e na Semana Literária da Universidade de Caxias do Sul.


Outros Livros SolosEditar


Audiovisual e RoteirosEditar

Desde 2004, faz cursos com especialidade para Jogos e Animações, direção e roteiro.   Com amplo foco em unir a Literatura e a Tecnologia, atualmente cursa superior em  Tecnologias Digitais, na Universidade de Caxias do Sul e busca desenvolver projetos na área de Roteiro, Realidade Virtual/Aumentada, Inteligência Artificial, Computação Gráfica no geral e Jogos Eletrônicos. Em 2006, participou como co-roteirista do projeto : "Vídeos Perdidos", baseado nas obras de C.C Gordi. Em 2020, está previsto o lançamento de sua primeira exposição interativa chamada ARTec.


OutrosEditar

Em 2013, Suzy M. Hekamiah foi a responsável por começar a organizar a Semana do Livro Nacional em Caxias do Sul, tendo como ajuda o revisor e funcionário público Samuri Pezzi. O evento que visa estreitar os laços da comunidade com autores nacionais, teve a participação de mais de cem pessoas na primeira edição que foi realizada no dia 27 de julho de 2013 no espaço Zarabatana Café no Centro de Cultura Ordovás. Para 2014, o evento conta com a atual comissão organização. Suzy M. Hekamiah, Samuri Pezzi e Grece Martinelli.

Suzy Hekamiah também participou do evento Café Poético em Caxias do Sul e escreve semanalmente para o portal O Segredo ( o maior portal de textos reflexivos em língua Portuguesa) e para o jornal Tribuna Liberal de Sumaré, São Paulo.

PRÊMIOS Editar

Em 2019 ganhou o Troféu Monteiro Lobato ( categoria independente) por destaque poético e conjunto da obra de publicações em antologias como contista e poetista.

Em 2018 ganhou o prêmio Troféu Literatura no Rio de Janeiro na categoria Literatura Fantástica pelo conjunto da obra. A autora considera o prêmio pelo conjunto de sua obra lançada até então.

Em 2014 foi destaque no jornal Pioneiro, como a nova geração de escritores promissores de Caxias do Sul/Rio Grande do Sul

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.