FANDOM


O Exército da Velha e A Pluma do Imortal - capa frente

O Exército da Velha e A Pluma do Imortal - capa

O Exército da Velha e A Pluma do Imortal é o primeiro livro da Saga dos Cinco Mundo escrito por Rafael Machado Costa que combina os gêneros de Fantasia e Ficção Científica entre 2003 e 2006 e publicado pela primeira vez em 2012.Costa, Rafael Machado. O Exército da Velha e A Pluma do Imortal. Rio de Janeiro: Editora Multifoco, 2012.

História Editar

[Aviso: contém revelações sobre o enredo]

O livro se inicia narrando a história de um faxineiro sem nome que trabalha para a megacorporação e indústria de tecnologia CORPLEX que estava dentro de um dos prédios da empresa durante um ataque terrorista. Após ser atingido pela violenta explosão que destrói o prédio, o faxineiro sobrevive graças à intervenção de um garoto de pijama que se apresenta como Menino Sonâmbulo e de uma velha bruxa misteriosa que o recruta para que seja um dos seus agentes que confrontará uma poderosa divindade do mundo antigo que está prestes a retornar.

Ao longo da história, Menino Sonâmbulo e o faxineiro, agora como Capitão Boom, recrutam outros membros para o seu Exército da Velha, sempre seguindo as instruções da velha bruxa, mas são desviados de sua missão principal ao investigar os estranhos e recorrentes atentados terroristas que são presumidos como obra do grupo terrorista conhecido como Frente de Libertação Orgânica, que os coloca em meio a uma guerra entre os terroristas anti-tecnologia da FLO e a milícia privada da CORPLEX.

Sob a justificativa de proteger a Nação dos ataques terroristas, a Noah Nathaniel, presidente da CORPLEX, executa um golpe de Estado capturando o Grande Rei Teddy Mipia e se autoproclamando Regente Real e assumindo a controle do país. Sob o poder da milícia privada da CORPLEX e de suas armas de alta tecnologia, Nathanael estabelece um regime autoritário dissolvendo o parlamento, as forças policias e o exército e faz com que o aparado burocrático da Nação passe a atender aos interesses empresariais de algumas companhias. Diante desse cenário, um grupo de rebeldes liderados pelo General Pedrão Stone, um militar que fez parte de um projeto fracassado com o intuito de criar o soldado perfeito conhecido como Soldado Invencível, levanta-se contra a CORPLEX, e, ocorrendo ainda intervenções de outras corporação e países, tem-se início a Guerra Corporativa.

Menino Sonâmbulo, Capitão Boom e seus aliados acabam tomando partido na guerra civil, mas não podem se envolver completamente, pois precisam realizar a missão a qual foram incumbidos pela velha bruxa: localizar as heranças dos quatro heróis que no período mitológico derrotaram o antigo e tirânico deus-sol conhecido como A Criança, bem como encontrar aqueles que podem utilizar os poderes advindos dessas heranças.

Além disso, dois monstros antigos, Shincau, o último gárgula, e Belime, um estranho polvo alado, perseguem o grupo de Menino Sonâmbulo com a intenção de destruí-los como vingança por a velha bruxa ter sido responsável pela morte de Iácono, pai de Shincau e o líder dos quatro heróis que derrotaram a criança no passado.

Como último e decisivo agente na trama há Gomez, um mercenário que a princípio trabalha para a CORPLEX, mas que na verdade é um antigo cavaleiro no Norte que no passado serviu a A Criança como um dos seus Sete Generais, mas foi traído por ela e teve sua família assassinada por Obobi, o Demônio Vermelho vindo do Primeiro Mundo, e amaldiçoado com a infelicidade e a vida eterna. Gomez confronta Menino Sonâmbulo e a velha bruxa com a intenção de tomar para si as heranças dos heróis e usá-las para destruir os deuses e libertar o mundo de suas regras antigas.


Personagens Editar

O Exército da Velha Editar

  • Capitão Boom/Andrei Antropov — Jovem de 24 anos, nascido na Nação, filho de Julia Franco Antropov e do ex-militar Boris Antropov, irmão de Natassia Antropov (12 anos) e Dmitri Antropov (7 anos). Quando tinha dezenove anos, sua família mudou-se para o País, terra natal de seu pai, para participar da revolução que gerou a democracia naquele lugar. Andrei preferiu ficar para trás e passou a viver de pequenos “bicos” até conseguir o emprego de faxineiro no prédio em que residia a central administrativa da empresa CORPLEX. Depois de um incidente terrorista que resultou na destruição do prédio em que trabalhava, adquiriu a capacidade explosiva, mas que só poderia ser utilizada uma vez, pois seu corpo também seria destruído na explosão. Foi recrutado por Menino Sonâmbulo para integrar o Exército da Velha.
  • Eric Sonâmbulo/Menino Sonâmbulo — garoto de 10 anos, filho de Anabela Sonâmbulo. Pertencente à linhagem dos Impuros, seres mestiços entre humanos e os habitantes do Mundo dos Sonhos. Eric liderou o Exército da Velha, sob a orientação dela, durante a disputa pela Pluma do Imortal. Graças a sua ancestralidade vinda do Segundo Mundo, Menino Sonâmbulo tem a capacidade de andar livremente pelo Mundo dos Sonhos, mas apenas quando está dormindo. Menino Sonâmbulo, apesar de sua pouca idade, é um excelente comandante e estrategista e hábil esgrimista, mas tem predileção a usar animais de pelúcia como armas durante os combates.
  • Óliver Banana/Peso-Morto — Um assistente social da região da cidade baixa da Cidade, a capital da Nação, que possui a capacidade instintiva de calcular instantaneamente qualquer unidade de medida. Graças a essas habilidades, pode se adaptar ao uso de qualquer tipo de armamento e possui facilidade de improvisação em combates corpo a corpo por conseguir, através de cálculos de probabilidades e estatísticas, prever os movimentos dos adversários. Foi recrutado por Menino Sonâmbulo para integrar o Exército da Velha. Peso-Morto é proprietário de um furgão amarela caindo aos pedaços e que só anda de ré que serve como o principal meio de transporte para o Exército da Velha.
  • Jean Popica Neto/Super Splash — Filho de uma falida família nobre e descendente de Roberval Popica, o jóquei que foi um dos heróis da Nação durante a Guerra da Madeira. Órfão quando bebê, Jean foi criado pela família de policias Laurent, mas, quando tentou recuperar a fábrica de sorvetes arruinada, que era sua única herança de família, criando um sorvete que nunca derreteria, sofreu um acidente que o tornou uma criatura indestrutível de gelo. Como Super Splash, tornou-se o super-herói mais adorado da Cidade, mas é extremamente amargo e ranzinza e adora ter sua imagem adorada pelos fãs. Durante uma batalha contra o Mestre Radiotelegrafista, acabou tendo seu corpo completamente derretido e passou a integrar o Exército da Velha sendo carregado por Peso-Morto e um aquário.
  • Charles Filipino Ludovico — Charles é um garoto de 10 anos, melhor amigo de Sonâmbulo e seu colega de escola. Apesar de jovem, Charles é o humano mais inteligente do planeta e ajudo ao Exército da Velha em várias ocasiões até desaparecer misteriosamente durante o ataque à ilha que serve como quartel general da milícia da CORPLEX.
  • Azgahl/Sr. Esqueleto — Camponês natural do Continente do Lado que viveu na era da Grande Noite e se tornou irmão de Sangue de Gomez. Travou uma grande jornada pela terra escura até Alpar onde, na passagem de Allo-nim, aprisionou Obobi e perdeu-se entre o Terceiro e o Quarto Mundo tornando-se um dos Sem-Descanso. Trazido de volta ao mundo dos homens pela velha bruxa durante a disputa pela Pluma do Imortal, passou a integrar o Exército da Velha sob o nome de Sr. Esqueleto. Azgahl, nos dias antigos, criou Shincau como seu filho até o dia que sucumbiu na batalha da ponte de Allo-nim. Como Sr. Esqueleto, ele tem a forma de um esqueleto sem cabeça trajando uma armadura enferrujada. Sr. Esqueleto possui uma espada feita com a pedra nohr, um mineral capaz de reter luz. A lâmina de sua espada possui a cor negra, pois ela serve de prisão para Obobi e permite que ele tenha certo controle sobre o demônio vermelho.

Outros personagens Editar

  • Henri Laurent — Capitão da força policial do distrito central Cidade, vem de uma família com longa linhagem de oficias da polícia. Além de possuir inexplicavelmente cabelos na cor verde, tem uma grande cicatriz na testa em forma de “X” que adquiriu, supostamente, em um acidente ao se barbear. Seu pai, Louis Laurent, adotou o órfão Jean Popica Neto, o futuro Super Splash, fazendo com que crescessem juntos como irmãos. Como boa parte dos membros da força policial da Nação, Laurent possui um implante BF, os membros cibernéticos desenvolvidos pela CORPLEX capazes de dispararem socos-foguetes.
  • O Velho que Podia Voar — Misterioso velho que aparenta ser um mendigo equipado com asas confeccionadas a partir de uma caixa de papelão e que tem mania de repetidamente subir em locais elevados e gritar “Eu posso voar! Eu posso voar!”
  • O Mestre Radiotelegrafista — Mercenário contratado para atacar as instalações da CORPLEX. Utiliza com armas uma mochila com cabos-tentáculos equipados com garras que utiliza para atacar seus inimigos.
  • Luigi DeNiro — Ex-mercenário experiente que comanda a milícia da CORPLEX sob as ordens de Nathanael e Ministro para Relações Hostis durante a Regência deste. De Niro é o usuário da Unidade de Combate CORPLEX classe Omega.
  • Shincau — Último dos gárgulas a vagar pelo Terceiro Mundo. Filho de Iácono, um dos quatro heróis que derrotou A Criança no passado, filho adotiva de Azgahl e Hellen. Como todos de sua espécie, tem magma correndo por suas veias e transforma-se uma forma de pedra indestrutível sob a luz do dia, retornando à sua forma normal à noite. Junto com seu amigo Belime, foi aprisionado durante a hera mitológica e agora desperto deseja vingar-se da velha bruxa e de seus aliados como vingança por responsabilizá-la pela perda de seus dois pais.
  • Belime — Belime é um guerreiro originário do Primeiro Mundo que chegou ao Mundo dos Homens na época em que Obobi reinava sobre a Grande Noite. Companheiro de Shincau, foi junto com ele aprisionado nos dias antigos e agora toma parte na vingança que o aliado pretende empreender contra a velha bruxa. Belime possui a forma de um polvo gigante com expressivos olhos verdes e um par de asas emplumadas.
  • Noah Nathanael — Representante na Alta-Câmara da Nação e presidente da CORPLEX, Nathanael fundou a empresa com o intuito de fabricar próteses mecânicas de alto desempenho que substituiriam membros amputados e deficientes físicos, tendo ele próprio perdido o braço direito em um acidente na infância. Entretanto logo Nathanael revelou uma sede incessante pelo poder que o fez entrar para diferentes ramos da indústria de tecnologia, incluindo o armamentista, e para a política. Após muitas conquistas, elaborou m plano para criar uma milícia privada com autorização para agir dentro de solo nacional e assumir a Regência da Nação mantendo o Rei Mipia como refém. Nathanael acredita, ou quer acreditar, em seu projeto para redefinir a Nação e, para isso, está disposto a iniciar uma guerra civil que ficou conhecida como a Guerra Corporativa.
  • Dr. Hugo Descartes — Vice-presidente da CORPLEX, o Dr. Descartes é o braço direito de Nathanael quanto a questões administrativas e principal responsável pela direção dos projetos técnicos da companhia.
  • Grande Rei Teddy Ortif Mipia — Teddy Mipia, filho de Jim Mipia II, é o atual rei da Nação. A família real da Nação descende de Mipia I, um herói mitológico que liderou um grupo de escravos libertos até a região e fundou lá o seu reino. Apesar das grandes responsabilidades, o Grande Rei sofre do terrível mal de não conseguir reter memórias recentes, estando em constante estado de amnésia.
  • Nicolau Davola — Serviçal do Rei Teddy Mipia, foi responsável por sua educação desde a infância. Davola é leal ao rei e ao reino e vive para ajudar ao seu monarca restaurar os constantes lapsos de memória de sua majestade.
  • Coronel Pedrão Stone/O Soldado Invencível — O Coronel Stone era o mais bem preparado e treinado oficial militar do Exército da Nação, e por isso foi selecionado para participar de um projeto com o intuito de criar um supersoldado. Devido a uma falha do procedimento, o Coronel Stone, que era um habilidoso e atlético guerreiro, tornou-se franzino, alérgico e asmático, mas em nada teve sua bravura afetada. Durante a Guerra Corporativa, o Coronel Stone montou um grupo de resistência disposto a enfrentar a milícia da CORPLEX e com o objetivo de restaurar o poder ao Grande Rei.
  • O Controlador de Tráfego — O Controlador de Tráfego era um comum guarda de trânsito até, em um acidente automobilístico, ter seu corpo prensado contra um triangulo de sinalização. Após o evento, acabou ganhando a habilidade de fazer todos os veículos paralisarem instantaneamente sempre que pisa em uma rua. Durante a Guerra Corporativa, uniu-se ao grupo rebelde do Coronel Stone. Em combate, costuma valer-se de seu cassetete e do uso de vários tipos de granadas.
  • Boris Antropov — Primeiro general da República Democrática do País e amigo de confiança do presidente Antonov. Juntos, lutaram na guerra que derrubou o regime autoritário do País e instaurou a democracia. Durante a Guerra Corporativa, comanda o Exército do País. Boris é casado com Julia Franco Antropov, natural da Nação e com quem teve três filhos: Andrei, Natassia, e Dmitri.
  • Limo Aloâlho — A Senhoritas Alôalho é uma oficial de alta patente da milícia CORPLEX que posteriormente assume a função de Ministro para Relações Hostis. Alôalho é uma habilidosa guerreira, só sendo superada pelo Sr. Esqueleto, Gomez e Shincau, o que faz dela a maior lutadora humana em toda a Nação. Como arma, costuma usar duas kodachi, mas certamente não precisa de armamentos para ser consideravelmente mortal em combate.
  • J. T. Barco — Barco é o presidente da Companhia Ijuta Industrial, uma das maiores concorrentes da CORPLEX. Um homem misterioso que age segundo interesses próprios. Possui uma prótese eletromecânica que substitui seu olho direito.
  • Doutor Nemo — Cientista a serviço de J. T. Barco e líder do departamento de desenvolvimento bélico da Ijuta Industrial.
  • Dário Isaac Hamurabi/Inseto da Bike — O Inseto da Bike foi o primeiro vigilante uniformizado da Nação. A Dário coube a responsabilidade de substituir esse clássico herói como o novo Inseto da Bike. Usando um capacete que representa a cabeça de um grilo em montado em sua bicicleta, o Inseto a Bike combate o crime e declara bordões fora de moda. Em seu equipamento estão manoplas e botas equipadas com acumuladores de energia cinética capazes de disparar poderosas cargas de energia ao contado e que pode ser recarregadas mediante um aparelho fixado em sua bicicleta ou através de uma conexão direta com a rede de energia elétrica.
  • Os irmãos do restaurante chinês — Os irmãos trigêmeos e seu quarto e gigantesco irmão proprietários de um restaurante chinês que se torna cenário de uma batalha do Exército da Velha contra o Mestre Radiotelegrafista e DeNiro e acabam desenvolvendo uma inimizade em relação ao grupo. Durante a Guerra Corporativa, os irmãos se juntam à resistência comandada pelo Soldado Invencível.
  • Anabela Sonâmbulo — Mãe do Menino Sonâmbulo, Anabela é uma mulher prestativa com as pessoas e extremamente exigente com seu filho. O que quase ninguém lembra é que ela também é da linhagem dos Impuros, os fugitivos do Segundo Mundo.
  • Golberto — Velho cachorro do Menino Sonâmbulo. Peludo e calmo como qualquer bom cão ancião, é uma excelente companhia para crianças.
  • Jili Ambrosius/A Novata — Jovem de quatorze anos que possui a força proporcional à de onze homens, uma mulher e um cachorro gordo e a capacidade de visão em curva. Acredita sinceramente que Super Splash é o maior herói que já existiu e está disposta seguir os seus passos. Foi de grande ajuda durante a chegada do Servidor.
  • O Servidor — Robô gigante vindo de fora do planeta liderando uma gigantesca armada com a missão de coletar e catalogar dados. Pouco se sabe sobre sua origem.
  • Conselheiro Farnel — O ancião líder do povo dos enirianos no Forte-Cidadela de Enirak, responsável pela guarda e manutenção da lenda de Todra e guardião de sua herança.

O Cruzado Editar

O Cruzado é um grupo de mercenários liderados por Gomez que, a princípio, trabalha para a CORPLEX, mas age manipulado por Gomez para atingir seu plano misterioso. A maioria de seus integrantes segue Gomez por acredita estar tomando parte de uma missão divina.

  • Zemog/Gomez — Um dos sete generais da Terra da Luz, regente da Cidade Flutuante. Humano, natural da Floresta Escura nas terras do norte, que teve seu filho oferecido pela Criança para ser hospedeiro de Obobi. Por desafiar o Demônio Vermelho, recebeu dois castigos: a infelicidade eterna e a imortalidade tornando-se um dos Sem-Descanso. Assumiu o nome de Gomez enquanto liderou o Cruzado durante a disputa pela Pluma do Imortal. Gomez tem como arma Nav’ra, uma espada larga construída pelo Deus-Ferreiro Ptah com nebu, o mesmo material com qual confeccionou a Grande Chama.
  • Hashin — Guerreiro cego integrante do grupo mercenário conhecido como O Cruzado, Hashin é o único que parece conhecer os planos por trás das ações de Gomez. Apesar de cego, Hashin possui força e resistência acima das de um humano normal graças a um segredo que guarda sobre acontecimentos envolvendo o Sr. Esqueleto em sua infância.
  • Balthasar — Balthasar é um ex-noviço que se tornou exterminador de monstros após ser um dos dois únicos sobreviventes ao ataque de um demônio que assassinou os padres e crianças de um monastério e orfanato localizado na Marca de MacMáquina. Durante o ataque, o demônio rasgou seu rosto arrancando o olho direito e marcando-o com uma profunda cicatriz que se incendeia diante da presença de criaturas do Primeiro Mundo. Balthasar domina inúmeras técnicas de magia sagrada e costuma lutar usando como arma um cetro que invoca de uma subdimensão compactada. Balthasar é completamente obcecado por destruir todas as criaturas do Primeiro Mundo que encontrar e só segue Gomez porque acredita que assim terá mais eficiência em cumprir seu objetivo.
  • Nimla — Garota protegida por Balthasar que, com ele, sobreviveu ao ataque ao monastério de MacMáquina. Hábil no uso da foice com corrente e uma peça importante nos planos de Gomez.
  • Shiba — Apesar de pequeno e magro, Shiba é um guerreiro feroz, extremamente ágil e habilidoso no uso de armas de arremesso. Como todos os integrantes do Cruzado, possui uma função de suma importância no grande esquema de Gomez.

FLO Editar

A Frente de Libertação Orgânica é um grupo terrorista que se vale da luta armada para combater o uso abusivo de tecnologia pelas grandes corporações. Boa parte de seus integrantes são humanos-alternativos, ex-empregados da CORPLEX que tiveram suas estruturas fisiológicas alteradas devido à contaminação provocada por um acidente em um dos geradores plasma-ionizantes da companhia. Por questões ideológicas, os membros da FLO usam apenas armas brancas em combate.

  • Adamastor Barbosa Zigume/Magnésio — Líder da FLO, Zigume foi um técnico a serviço da CORPLEX que teve sua estrutura fisiológica alterada devido a descaso da companhia em relação a normas de segurança e ambientais. Após o acidente, adquiriu a capacidade de criar campos básicos que podem anular qualquer tipo de ácido. Quando usado sobre o sistema digestivo humano, o campo básico pode provocar grandes dores abdominais e disfunções gástricas. Como Magnésio, lidera a FLO em sua cruzada para derrubar as grandes corporações, mas Zigume é ferrenho monarquista e acredita que apenas com a restauração do poder ao Grande Rei a Nação poderá combater os abusos empresariais e atingir um estado de bem-estar social.
  • Delphin — Um gigantesco humano-alternativo com pele esbranquiçada e o rosto que lembra o de um boto. Delphin é fiel a Magnésio e luta usando um par de nunchaku.
  • Heliotrópico — Jovem humano-alternativo integrante da FLO, Heliotrópico tem as estranhas características de possuir ramos de galhos que lhe brotaram dos cotovelos e folhas no lugar das orelhas. Possui as incomuns habilidades de fazer fotossíntese e de falar com as plantas e animais, apesar destes nunca lhe responderem. Desenvolve uma amizade com Capitão Boom durante os eventos do ataque ao trem de carga da CORPLEX. Usa como arma uma naginata.
  • O’Donnell/Vegeto-Deslocador — O’Donnell é um humano-altrnativo com a capacidade de transformar qualquer vegetal em uma arma mortal. Além disso, pode teletransportar ele próprio e a outras pessoas após drenar energia de vegetais.
  • Thomas/Nojo — Thomas é o braço direito de Magnésio na FLO. Humano-alternativo, possui a pele verde com manchas pretas e, além de uma agilidade acima da média, a capacidade de disparar rajadas de vômito ácido da boca, bem como substâncias aderentes que provocam interferência no funcionamento de equipamentos elétricos

Unidades de Combate CORPLEX Editar

As Unidades de Combate CORPLEX são a nomenclatura utilizada pela corporação CORPLEX para batizar seus inúmeros projetos de criação de armas para equipar sua milícia.

  • Unidade Alpha — O projeto alpha consistia na criação de uma armadura capaz de emanar energia potencial que faria com que qualquer objeto que servisse como alvo de suas emanações explodisse instantaneamente. O projeto foi engavetado pelo departamento científico da CORPLEX por não terem encontrado a fonte de energia capaz de alimentar o traje.
  • Unidade Beta — Uma cota de malha feita com a liga metálica de azulada de alta resistência criada pela CORPLEX e sobreposta por um colete do mesmo metal, mas rígido equipada com um par de tentáculos retráteis com garras fixadas em suas extremidades e um par de espadas curtas cilíndricas com capacidade de gerar calor presas por cabos. Além disso, a Unidade Beta pode, através de seus tentáculos, acoplar-se ao gerador portátil da Unidade Omega para usá-lo como fonte de energia para o disparador de raios em forma de parábola fixado em seu ombro direito. A Unidade Beta foi utilizada pelo Mestre Radiotelegrafista após ele passar a integrar oficialmente a milícia da CORPLEX.
  • Unidade Gama - A Unidade Gama constitui-se em uma leva malha feita co ma liga metálica de alta resistência criada pela CORPLEX e equipada com poderosas luvas e botas com uma versão de alta densidade do mesmo material criadas para destruir qualquer material conhecido, exceto a Unidade Tau. Foi desenvolvida especialmente para Thomas/Nojo enquanto este esteve a serviço de Nathanael.
  • Unidade Delta — Um egocêntrico e narcisista agente a serviço da CORPLEX se submeteu a um procedimento que, usando a tecnologia de produção dos braços-foguetes, teve seu cérebro e rosto transplantados para um corpo mecânico. A Unidade Delta é um ciborgue cujo corpo pode de desmontar em diversas peças, todas equipadas com jatos de propulsão que lhe permitem desembocarem-se livremente, serem disparadas como projéteis e se reagruparem reconstruindo o corpo do ciborgue. Delta ainda está equipado com um gerador plasma-iônico que, além de seu corpo, energia um aro oculto em seu peito capaz de disparar rajadas de iônica em altas temperaturas.
  • Unidade Epsilon — Forma de vida artificial tecno-orgânica criada pela combinação de nanotecnologia com o DNA de diferentes formas de vida. A Unidade Epsilon é uma forma de vida consciente usada como arma crida pela CORPLEX. Possui uma forma levemente aparente, bem como um comportamento leal à CORPLEX, a o de um cão, mas é capaz de evoluir e se adaptar instantaneamente a qualquer condição, clima ou ambiente tornando-se a arma perfeita para missões de perseguição.
  • Unidade Tau — Robô de origem extraterrestre construído de um material extremamente denso e virtualmente indestrutível encontrado e reprogramado pela CORPLEX para servir com arma. A Unidade Tau é equipada com jatos propulsores que a permitem alçar voo e também com poderosos disparadores de feixes de antimatéria que podem desintegrar instantaneamente qualquer material atingido. O planeta de origem da Unidade Tau, bem como os propósitos de sua vinda, é desconhecido, mas aparenta estar de alguma forma vinculada ao gigantesco robô extraterrestre autodenominado Servidor.
  • Unidade Iota — O projeto para a construção da Unidade de Combate COPRPLEX classe Iota constituía na fabricação de uma armadura de diamante sintética virtualmente indestrutível. O projeto foi cancelado quando os técnicos da CORPLEX perceberam ser impossível sua realização.
  • Unidade Omikron — A unidade Omikron consiste em um pequeno construto autômato que se locomove a partir de um conjunto de rodas dispostas em linhas sobre seus pés e equipado para, caso a Unidade Delta seja destruída, imediatamente reconstruí-la em uma escala vinte vezes maior do que seu tamanho original.
  • Unidade Omega — A versão protótipo Unidade Omega é composta por uma cota de malha construída com liga metálica azulada de alta resistência desenvolvida pela CORPLEX, coberta por uma armadura leve do mesmo material. Utilizada por Luigi DeNiro, leal comandante da milícia CORPLEX a serviço de Noah Nathanael e posteriormente nomeado Ministro para Relações Hostis, possui m gerador plasma-iônico portátil desenvolvido pela CORPLEX preso às suas costas. Esse gerador alimenta uma série de equipamentos e armamentos embutidos, como uma lâmina de energia iônica sólida azul esverdeada projetada de um dispositivo fixado no antebraço direito da couraça, um lança chamas fixado em sue braço esquerdo e um dispositivo gerador de ondas sísmicas preso na parte traseira da bota esquerda. Em sua versão otimizada, o dispositivo gerador da lâmina de energia fica localizado no braço esquerdo, e ambas as botas estão equipadas com o armamento de geração de ondas sísmicas, além de a armadura receber uma cobertura de tinta marrom e verde musgo, as cores da milícia CORPLEX.

Os Servos de Etamáhc Editar

Os Servos de Etamáhc são uma sociedade secreta dedicada a adorar a Etamáhc, o deus protetor do plástico e dos contrabandistas. Após a derrota de Sir Besouro, juram destruir Capitão Boom a qualquer custo, o que os leva a desafiá-lo uma mortal partida de Tante.

  • Sir Besouro/ O Homem Do Guarda-Chuva — Sir Besouro é descendente de uma antiga família nobre da Nação e dedica seu tempo a aterrorizar a cidade próxima ao castelo de seus antepassados usando seu guarda-chuva contra os inocentes. Sir Besouro faz parte de uma sociedade secreta conhecida por adorar Etamáhc, o deus protetor do plástico e dos contrabandistas.
  • Paulo/Major Implosão — Oficial da força aérea, Major Implosão é o líder dos Servos de Etamáhc. Após comer um bolo abetumado feito por sua mãe, desenvolveu um pequeno buraco negro em seu estômago que lhe deu a capacidade de implodir, mas que poderia executar apenas uma vez, pois seria destruído no processo. Sempre que fica a uma distância inferior à de quinhentos metros de Capitão Boom, os poderes de ambos são anulados.
  • Ringo/Garoto Insônia — Garoto com enormes olheiras que aparente estar sempre cansado devido à sua incapacidade de dormir.
  • João/Peso Mórbido — Devido á sua grande massa concentrada, Peso Mórbido pode curvar o espaço conforme sua vontade e criar dobras espaciais.
  • George/Fogo-Fátuo — Fogo-Fátuo é uma chama consciente e com rosto que flutua para atender aos comandos do Major Implosão, mas não sem reclamar antes. É capaz de criar um corpo completo de chamas, desde que tenho um objeto que posso usar como estrutura e combustível para o corpo.
  • Joshua — Menino de dez anos que é colega de escola de Menino Sonâmbulo e Charles. Compete com Charles constantemente para provar que tem um intelecto superior.
  • Dr. Crânio — Uma caveira falante que é carregada pelos membros do grupo. Não se sabe o que aconteceu com o resto de seu corpo.

Divindades Editar

  • A Criança — O filho e herdeiro do Construtor. Foi enviado ao Quarto Mundo para entender e aprender. Encontrou em Obobi o professor que o levaria até o limite de suas capacidades, até onde seu antigo mestre, Anubis, jamais poderia chegar. Conforme sua crueldade ia crescendo, ia aumentando sua convicção de que os homens eram a raça pura criada pelo Construtor para serem seus verdadeiros filhos e que eles é que deveriam, sob a sua proteção, reinar. Criou a Chama que Nunca se Põem e seu reino foi conhecido como a Terra da Luz, lugar em que os homens prosperavam as custas da escravidão das outras raças. Foi derrotado e destruído por quatro seres não humanos que se tornaram conhecidos nas lendas por Filho da Pedra, Filho do Céu, Ave de Fogo e Dama do Escuro. Depois da derrota foi esquecido e, para os poucos que ainda conhecem a história, passou a ser temida a lenda de um dia ele retornaria na forma de Outro. Para alguns seguidores da seita do Filho do Céu e para o povo dos enirianos, muito em breve o Construtor irá enviar uma nova Criança, pura e bondosa.
  • Obobi — O Demônio Vermelho, também chamado de Senhor das Trevas no Quarto Mundo. Natural do Primeiro Mundo, Obobi controla a escuridão. Na verdade ele é apenas uma essência escura, necessita de um hospedeiro para sobreviver fora de seu mundo. Na liderança da maior rebelião dos Cinco Mundos, assumiu o controle do Primeiro e depois do Terceiro Mundo. Traiu seus antigos aliados para alcançar o poder total, tinha em meta o controle dos cinco mundos. Ao chegar ao Mundo dos Homens, deparou-se com A Criança de Luz, herdeiro por direito do Construtor. Sabendo que ainda não tinha poder suficiente para confrontá-la, forjou com essa uma aliança com a falsa pretensão de instruí-la. O pacto foi além das suas expectativas quando A Criança mostrou-se o aprendiz ideal. Dividiu com ele o Quarto Mundo e criou a chamada Grande Noite, seu reino no Mundo dos Homens onde não existia sol nem leis e os seus monstros caçavam livremente. Seu excesso de confiança fez com que subestimasse os homens e acabou sendo aprisionado pelo camponês Azgahl e pelo bárbaro Zemog na Batalha do Caminho dos Mortos.
  • Anubis — Um dos Forasteiros, as entidades vindas de além dos Cinco Mundos, chegou até eles enviada pelo Construtor para desempenhar o papel de professor d’A Criança. Desiludido após A Criança ser corrompida por Obobi, passou a guardar a Pluma do Imortal enquanto espera pela vinda de uma nova Criança.
  • Etamáhc – Deus do plástico e dos contrabandistas, nos dias atuais Etamáhc é adorado por uma sociedade secreta que existe na Nação. A iconografia usada na representação de Etamáhc costuma ser a de uma entidade zooantropomórfica cam rosto de coruja e trajando vestimentas de escoteiro.

O Universo e as lendas Editar

Os Cinco Mundos Editar

A trama se passa nos Cinco Mundos, um universo formado por cinco menores que teriam sido criados pelo Construtor. Os Cinco Mundos são:

  • O Primeiro Mundo/O Mundo das Trevas — Uma dimensão de escuridão em que não há sol e de onde são naturais os demônios, vampiros, gárgulas e todas as criaturas das trevas que eventualmente chegam a este mundo. Durante eras, os habitantes do Primeiro Mundo estiveram em um estado de guerra generalizada, até todos esses reinos serem unificados por Obobi, o Demônio Vermelho. Obobi consegui descobri o segredo para a travessia entre mundos e marchou com seu exército unificado de monstros rumo a conquista, mas após conquistar o Terceiro Mundo e metade do Quarto, foi finalmente detido na batalha da Passagem dos Mortos. Não se têm mais informações em relação ao estado político do Primeiro Mundo desde a queda de Obobi.
  • Segundo Mundo/Mundo dos Sonhos — Um mundo onde não há matéria, apenas vontade, e seus habitantes existem apenas como conceitos abstratos. Devido a sua natureza peculiar, o Segundo Mundo é moldado a partir de força de vontade de seus habitantes, e aqueles com maior força de vontade formam uma elite que conduz os mais fracos. Diz-se que se pode alcançar o Segundo Mundo quando se dorme e é para lá que se vai a consciência durante os sonhos. Conta-se que no passado houve uma das consciências do Segundo Mundo que conseguiu descobrir uma forma de fugir para o Quarto Mundo e com suas filhas possuíram cada um o corpo de uma raposa para viver neste mundo.
  • Terceiro Mundo/O Mundo dos Que se Foram — O mundo para onde se vão todos aqueles que já morreram. No passado, o Terceiro Mundo fora conquistado por Obobi, e sua rainha teve de lhe prestar vassalagem. Mas após a queda de Obobi, a Senhora Morte recuperou seu trono. Além da morte, existia uma ponte que poderia levar até o Terceiro Mundo onde Obobi foi derrotado.
  • Quarto Mundo/O Mundo dos Homens — O mundo conhecido e habitado pelos humanos. No passado, o deus-sol conhecido com A Criança o governou em paz, mas, após ser corrompido por Obobi, criou a Grande Chama e o dividiu ao meio. De um lado era governado por A Criança sob um sol eterno que nunca se punha, do outro, Obobi comandava sob um céu rubro e negro eternamente escuro. Com a derrota de ambos, o mundo passou a ter dias e noites e se estabeleceu na forma como é conhecida atualmente.
  • Quinto Mundo/ O Mundo do Nada — A dimensão onde não existe tempo nem espaço, um vazio branco e ofuscante que, segundo alguns, serve de prisão para os que cometem crimes contra os Cinco Mundos.

Sem-Descanso Editar

Os Sem-Descanso são homens que, por motivos diversos, tornaram-se imortais durante as batalhas que causaram as quedas do Senhor da Luz e do Senhor das Trevas.

Os Quatro Editar

Segundo as lendas, no período mitológico A Criança governava a metade do Quarto Mundo em que o sol nunca se punha tolerando a presença dos homens como seus servos, mas exterminando qualquer outra raça que não aceitava a posição de escravos. A Criança fora finalmente deposta, e sua Grande Chama destruída, por uma aliança de quatro heróis: o Filho da Pedra, o Filho do Céu, a Ave de Fogo e a Raposa Negra. Segundo a velha bruxa que reuniu os protagonistas, faz-se necessário a reunião de quatro indivíduos que possam substituir os quatro heróis lendários, pois esta seria a única forma de impedir o retorno d'A Criança. A batalha final entre os quatro heróis e A Criança é narrada no conto Heliomachia: o Advento da Lua.Couto, Sérgio Pereira [organização]. Anno Domini: Manuscritos Medievais - Vol. II. São Paulo: Andross Editora, 2011, p. 45-49.

O Construtor Editar

É considerado como aquele que criou os Cinco Mundos e enviou A Criança. Não há mais informações disponíveis ao seu respeito.

A Nação Editar

A maior parte da história se acontece no Reino Parlamentar da Nação, uma antiga monarquia parlamentar localizada no Continente do Meio. A Nação tem como chefe de Estado o Grande Rei Teddy Mipia I, descendente direto de Mipia I Couto, Sérgio Pereira [organização]. Anno Domini: Manuscritos Medievais - Vol. II. São Paulo: Andross Editora, 2011, p. 48., um ex-escravo que viveu na era mitológica e liderou a tribo que primeiro habitou a região que atualmente é a Nação. Além do grande rei, a Nação possui um primeiro ministro, responsável pelo seu Governo, e duas câmaras legislativas. A Baixa-Câmara é composta por duzentos e onze homens eleitos abertamente pela população, e a Alta-Câmara, por nove representantes eleitos de forma indireta e fechada e pelos dezesseis duques do reino. A Nação é um reino com uma antiga e complexa tradição de origem medieval que vive em conflito com interesses de poderosos grupos empresariais que controlam a produção e pesquisa de tecnologia. A capital da Nação localiza-se na Cidade, uma cidade moderna, gigantesca e industrial onde o Castelo Real contrasta com gigantescos arranha-céus e fábricas. A Cidade se tornou a capital após a Guerra da Madeira, sendo que anteriormente a administração do reino tinha como sede a antiga e conservadora cidade de São Adroaldo, na costa leste da Nação.

O País Editar

A República Democrática do País alcançou a democracia através de uma revolução popular, e é atualmente comandada pelo Presidente Antonov. Está localizada no Continente do Meio, a oeste da Nação. Devido ao antigo regime autoritário, é um país atrasado com pouca influência política. Declarou guerra à Nação quando ela estava sob controle de Noah Nathanael.

O Forte-Cidadela de Enirak Editar

O Forte-Cidadela de Enirak é uma cidade submersa localizada no Golfo de Gatolino que serve de lar para o povo dos erinianos. Originalmente habitantes da Baía de Erínia, os erinianos foram escravizados durante o período mitológico e libertados quando Todra derrotou um dos Quatro Generais da Criança conhecido como a Esfinge, que cumpria a função de mestre de escravos e com a derrota definitiva d’A Criança pelos Quatro Heróis. Os enirianos comprometeram-se com Todra a guardar sua herança e a protegeram em seu forte-cidadela. Os enirianos são criaturas com características de peixes com tendências pacifistas, mas, segunda diz-se as lendas, jamais se esquecem de algo. Devido a essa mesma natureza pacífica, é proibido o porte de qualquer tipo de armas do lado interno dos portões do forte-cidadela.

O Território Editar

O Reino de Terrítório é um Estado localizado ao sul do Continente de Cima. Foi uma poderosa potencia colonialista durante a Idade Moderna, mas perdeu seu poder após as sanções e represálias que se seguiram à sua derrota na Guerra da Madeira.

A Guerra da Madeira Editar

Durante a Idade Moderna, a Nação foi invadida pelas tropas do Território, um país localizado no sul do Continente de Cima, com o apoio do então Grão-Duque da Cidade. Até então o Território era a maior potencia mundial graças ao seu domínio das navegações marítimas, mas tal reino entrou em crise após consumir todas as suas reservas florestais em busca de matéria-prima para a construção de embarcações. Diante da falta de recursos, Atnelop I, rei de Território, iniciou um ataque e ocupação da nação em busca de fontes de madeira a partir do desembarque na Cidade sob auxílio do Grão-Duque que esperava receber o controle total da região após a queda de Jimmy Mipia III, o rei da Nação naquele período. Sem esperar um ataque e não possuindo poderio militar suficiente, a nação foi quase conquistada, mas conseguiu derrotar as tropas invasoras graças aos três heróis, o fazendeiro Antunes, o construtor de moinhos Eugênio MacMáquina e o jóquei Roberval Popica, que lideraram brigas camponesas durante a guerra e, ao derrotarem seus inimigos, receberam de seu rei títulos de nobreza e tornaram-se lendas.


Influências Editar

O livro leva em conta a influencia de tradições mitológicas, principalmente gregas, egípcias e nórdicas, e em vários pontos tenta criar uma unificação destas mitologias, explicando dentro de sua própria estrutura acontecimentos e divindades que teriam dado origem a algumas das lendas. Um exemplo disso é A Criança, o deus-sol enviado pelo criador dos Cinco Mundos para governar o Mundo dos Homens, mas que foi corrompido. A Criança é uma mescla de personagens mitológicos como Apolo, , Abel, Baal e Lúcifer, insinuando que todas estas entidades foram construções conceituais de uma única entidade interpretada por diferentes culturas ao redor do mundo. Também possui influência da tradição das histórias em quadrinhos de super-heróis, principalmente o de HQs como X-Factor de Peter David e de Liga da Justiça Internacional de Keith Giffen e J. M. DeMatteis, que tratam de questões cômicas criadas a partir da desconstrução do mito do herói e da exposição de seus cotidianos. Também é influenciado pelas temáticas literárias da Fantasia e da Ficção Científica


Relações com outras publicações do autor Editar

No conto Heliomachia: O Advento da LuaHeliomachia: o Advento da Lua.Couto, Sérgio Pereira [organização]. Anno Domini: Manuscritos Medievais - Vol. II. São Paulo: Andross Editora, 2011, p. 45-49., são narrados os momentos finais da batalha entre os quatro heróis lendários e A Criança sob o ponto de vista da velha bruxa que recrutou o Exército da Velha e nos mostrando o fim a que os heróis foram levados. Também há referências a Mipia I, o futuro fundador da Nação e antepassado do Rei Teddy Mipia, bem como aos enirianos, o povo que habita o Forte-Cidadela de Enirak e ao personagem Ptah, que forjou a espada Nav’ra.


Referências à cultura pop Editar

  • O personagem Inseto da Bike que aparece a partir do capítulo XVIII, trajando um capacete que lembra um rosto de inseto e um cachecol, pilotando uma bicicleta também com forma de inseto e capaz de fazer seus inimigos explodirem ao atacá-los com socos e chutes, é uma referencia aos personagens da franquia Kamen Rider criada por Shotaro Ishinomori.
  • O personagem Belime, vindo do Primeiro Mundo e descrito como um polvo gigante alado, é uma referência ao personagem Cthulhu de H. P. Lovecraft.
  • O nome de alguns dos Servos de Etamáhc é inspirado na banda The Beatles.
  • No capítulo XX, a Unidade Omikron entra em cena e é apresentada como tendo a finalidade de reconstruir a Unidade Delta, caso ela seja destruída, instantaneamente em um tamanho vinte vezes maior."Costa, Rafael Machado. O Exército da Velha e A Pluma do Imortal. Rio de Janeiro: Editora Multifoco, 2012, p. 250. Essa cena é uma citação da comum ocorrência dos inimigos derrotados serem restaurados em tamanho gigante nas séries da franquia Super Sentai.
  • No capítulo XXI, o Inseto da Bike se depara com um personagem descrito como "um marinheiro de antebraços musculosos e com um olho de vidro" e que fumava um cachimbo Costa, Rafael Machado. O Exército da Velha e A Pluma do Imortal. Rio de Janeiro: Editora Multifoco, 2012, p. 183. Tal personagem é uma pequena citação ao personagem Popeye de E. C. Segar.
  • Ainda no capítulo XXI, o Exército da Velha é obrigado a tomar parte de um estranho jogo no qual devem enfrentar seus nêmesis. Tal jogo absurdo chamado Tante é uma paródia ao jogo de Quadribol presente na série Harry Potter de J. K. Rowling.
  • No capítulo XXII, quando Capitão Boom aumenta de tamanho para enfrentar o robô extraterrestre gigante autoproclamado Servidor, Super Splash fala "Isso é ridículo. Só falta agora aparecer uma tartaruga gigante." Costa, Rafael Machado. O Exército da Velha e A Pluma do Imortal. Rio de Janeiro: Editora Multifoco, 2012, p. 250.</ref>. Ele está se referindo ao kaiju Gamera, personagem cinematográfico dos estúdios Daiei.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.